IGREJA, LUGAR DE COMUNHÃO E VIDA

IGREJA, LUGAR DE COMUNHÃO E VIDA- Salmos - 133

“OH! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla dos seus vestidos; Como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre”.

O Senhor Jesus Cristo morreu na cruz para, além da remissão de nossos pecados, constituir para Deus um povo chamado igreja. Essa igreja deve manifestar o propósito de Deus na terra. É na comunhão dos irmãos que a igreja mais se aproxima desse propósito. Ali, como diz o salmo 133, o Senhor ordena a benção. Parece que Davi antevia o benefício das reuniões da igreja. Na comunhão da igreja temos cobertura e proteção espiritual –


I Cor 5:5. Ou seja, enquanto estamos em comunhão com nossa igreja estamos guardados espiritualmente pela proteção oferecida pela mesma. Mas também temos na igreja a comunicação de dons espirituais – Rm. 1:11. Na comunhão da igreja somos orientados pela Palavra de Deus – II Tm 3:16.

Na igreja encontramos oportunidade para aumentar nossa fé – Rm… 10:17, além de muitos outros benefícios. Mas um fenômeno recente está nublando e obstaculizando a comunhão dos santos em suas igrejas locais. É o advento dos tele-evangelistas. Por entrarem em nossos lares em horários variados atendem algumas necessidades dos cristãos e dentre elas a desobediência à Palavra de Deus que nos ordena a não abandonarmos nossas congregações como é costume de alguns – Heb. 10:25. Muitos cristãos acham que assistindo um programa evangélico em casa, suas idas às igrejas locais foram cumpridas ou sua adoração foi realizada nos moldes bíblicos. Ledo engano. Antes pelo contrário. Estamos negligenciando a Palavra de Deus, perdendo oportunidades de sermos abençoados (porque ali o Senhor ordena a benção). Mas existe ainda um sério problema. Quando nos abrimos para esse tipo de cristianismo, ficamos vulneráveis a receber todo e qualquer tipo de doutrina seja ela boa ou má. Pelo que tenho visto pelas pregações na televisão a maioria possui uma teologia de péssima qualidade e a maioria dos sermões caminha para auto-ajuda. Assim nos comportando, logo logo, deixaremos de dizimar em nossa igreja local e passaremos enviar os dízimos e ofertas para os tele-evangelistas que estão com a boca bem aberta buscando arrecadar mais para se manterem no ar. Já existe igreja oferecendo a Ordenança/Sacramento da Ceia pela televisão, quando o cristão pega um pedaço de pão e um pequeno cálice e assistindo a um culto participa da Ceia do Senhor em sua própria casa. (Modelo totalmente anti-bíblico). Essas propostas levam à geração de cristãos sem compromissos com suas comunidades locais, fracos na fé, ausentes nas Ordenanças/Sacramentos, infiéis à Palavra, frios e inadimplentes com Missões, egoistas e realmente nulos/inócuos para com Deus.


O modelo utilizado por muitas igreja de pequenos grupos, embora ofereça boas oportunidades de evangelismo e aproximação dos cristãos, não substitui a igreja em suas reuniões solenes. Igrejas nos lares como modelo de igreja não substitui a igreja local. Muito mais do que estar juntos orando, lendo a Bíblia e falando de Jesus a igreja local é propósito de Deus. Na igreja existem dons de benefícios mútuos que não existem em reuniões quaisquer. Por exemplo: quem alimenta ovelha é pastor. Pastor que traz a Palavra de Deus aos nossos corações na unção do Espírito Santo. As ordenanças são para igrejas locais constituídas e não para qualquer grupo etc.


O propósito de Deus ainda continua o mesmo – Ef. 5:19, 20 “falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”.


Se você deseja ser um cristão que obedece a Palavra de Deus e um exemplo para seus irmãos na fé, participe de sua igreja. Ore por sua igreja. Seja um ofertante regular naquele lugar que o Senhor o plantou. O que mais importa não é agradarmos a nós mesmo, mas a Deus que nos amou e nos salvou. Mesmo que você não se sinta culpado em negligenciar sua igreja local. Mesmo que você se sinta satisfeito em ficar em frente a televisão ouvindo alguém falar em nome de Deus. Quero lhe lembrar que isso ainda é pecado e pecado Deus aborrece profundamente. Não se acomode e acostume com este estilo de vida.


CREIO FIRMEMENTE QUE IGREJA É LUGAR DE COMUNHÃO E VIDA.


Soli Deo Gloria.


Pr. Luiz Fernando Ramos de Souza


FONTE:BLOG MINISTÉRIO FORÇA PARA VIVER

Comentários

  1. Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei pagarei. Do SENHOR vem a salvação. Jonas 2:9
    OS QUE PERSEVERAREM EM FAZER O QUE O SENHOR ENSINOU: AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO A TI MESMO,EM EM PRIMEIRO LUGAR AMAR O SENHOR TEU DEUS DE TODO TEU CORAÇÃO, DE TODA TUA ALMA E DE TODO O TEU ENTENDIMENTO,ESSA PEQUENAS COISAS QUE ACONTECEM NAS IGREJAS HOJE EM DIAMUDARÃO.

    ResponderExcluir
  2. A PAZ DO SENHOR IRMÃ,

    REALMENTE UM DIA ESTAREMOS PRA SEMPRE COM O SENHOR E AS COISAS PASSADAS FICARÃO NO ESQUECIMENTO.
    OBRIGADO POR VISITAR NOSSO ESPAÇO EM DEFESA DO EVANGELHO. FIL 1.16

    EM CRISTO,
    MARIO

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SINTA SE A VONTADE PARA COMENTAR

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus