Renê Terra Nova, o novo Lutero!


Publicado em 4 de novembro de 2011 por Leonardo Gonçalves

Por Lucas Porto e Leonardo Gonçalves


Fujam para as montanhas!

Trollada gospel do patriarca judeu-manauara na semana da Reforma: Renê Terra Nova caiu, bateu a cabeça e levantou surtado pensando que é o novo Martinho Lutero. Tá, não foi bem assim, mas foi quase (risos!)

Quando a matéria é inventar doutrinas estranhas, Terra Nova é nota 10! Mestre na escola de modismos neopentecostais, o apóstolo amazonense tem uma enorme habilidade para reunir toda porcaria doutrinária produzida no Brasil e no exterior, sendo o M12 a maior demonstração disso. O modelo idealizado por Terra Nova mistura teologia da prosperidade,confissão positiva, cristianismo judaizante, batalha espírita espiritual, e técnicas de psicanálise. Figura excêntrica do panteão gospel tupiniquim, já ilustrou este blog algumas vezes com seus atos proféticos, estilo de vida nababesco e heresias de perdição. Mas nem nos nossos piores pesadelos havíamos vislumbrado tal disparate: a afirmação de que o M12, a panacéia responsável pelo inchamento crescimento das igrejas do paipóstolo, é a “Nova Reforma Protestante”.

Renê Terra Nova, o novo Lutero

Além de se autodeclarar apóstolo Patriarca, o líder do MIR agora se julga “o reformador do século 21″. Apaixonado por títulos, não demora muito e o homem que diz ter descoberto o DNA de Deus (Sim, é sério! Veja aqui) vai exigir que lhe chamem de “sucessor de Lutero” ou algo parecido. Haja vaidade!

O problema é que Terra Nova jamais soube o que foi, e o que é Reforma Protestante, e muito menos as Doutrinas da Graça que mudaram a história da igreja no século XVI. Apesar disso, o patriarca manauara está tão convencido de ser o sucessor de Martinho Lutero, que publicou em seu blog um texto onde afirma que o seu modelo de igreja é a salvação para a igreja contemporânea. Segundo ele, os ‘reformistas’ (leia-se: discípulos do MIR e M12) estão surgindo com uma ‘nova unção’, com a qual transformarão a história da igreja e de seu povo sofrido. E é claro, como não poderia faltar, a turma do MIR já fez até ‘ato profético’ para iniciar a “Segunda Grande Reforma Protestante”.
Renê Terra Nova diz que todo crente comprometido com a visão celular é um “reformista”

M12 é a nova reforma protestante. #Cumequié?

No entanto, o fim da picada foi comparar o M12, aquele conglomerado de heresias, misticismos, xamanismos, pragmatismos e toda classe de paganismo cristianizado (ou judaizado?), com a reforma protestante. Gente, já pensou na doideira? “Renê Terra Nova: O novo Lutero, e o M12 (cópia mal feita do G12 do Castellanos, um plágio descarado da heresia colombiana) seria a nova bandeira do protestantismo. Até poderíamos imaginar qual seria a versão deles para as “Cinco Solas”: Sola Revelação, Solo Doze, Solo Ato-Profético, Solo Dízimo e Soli René Gloria!

Queridos, perdoem-nos, mas desse tipo de Reforma nós queremos distância, muita distância! E se esse papo de louco fosse verdade, caso o René fosse mesmo o novo Lutero e o M-12 fosse a nova reforma protestante, podem ter certeza que nós aqui deste blog ficaríamos satisfeitos com o papel de novos “inquisidores”. Como penalidade por suas heresias, condenaríamos o patriarca à ler todas as obras dos verdadeiros mestres reformadores, como Lutero, Calvino e Zwínglio. Além disso, condenaríamos o herege a estudar a Bíblia todos os dias, sublinhando todos os textos que falem sobre sangue, expiação, perdão e justificação pela fé somente. Forçaríamos o dito cujo a renunciar as crendices judaizantes, e caso o mesmo se recusasse, emitiríamos a bula da sua exclusão.

Mas como ele não é o Lutero, e este blog não é o tribunal do “Santo Ofício”, nos contentaremos em dar aquela trollada no dito-cujo, pra ver se o sequelado se emenda e volta ao evangelho puro e simples do nosso Senhor Jesus Cristo. Isso sim seria uma boa reforma!

***
Leonardo Gonçalves é o responsável pela bagunça. Aprendiz de teólogo, com muitas idéias subversivas, apesar de não se achar o “Novo Lutero”, sonha com uma igreja mais pura e sem barganhas com Deus. Lucas Porto é gremista, editor do blog Consciência e Fé, e colaborador no Púlpito Cristão. A imagem é do Marden Jump, editor do ministério Juventude na Rocha, webdesign e colaborador subversivo dessa tribuna virtual.
 FONTE: PULPITO CRISTÃO

Em Cristo,
Mário

Comentários

  1. E o pessoal da Lagoinha agora lhe presta homenagem. Pensando bem....tem tudo a ver. Não é lá que ministra a tal da Ana Paula ? Ana Paula, Terra Nova, Valdomiro...Afinal não são estes os campeões em heresias ?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SINTA SE A VONTADE PARA COMENTAR

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus