PASTOR SILAS MALAFAIA AFIRMA QUE “NÃO INTERESSA” SE A GLOBO SE APROXIMOU DOS EVANGÉLICOS POR INTERESSE COMERCIAL: “NOSSO INTERESSE É O REINO” SERÁ???

AMADOS,VEJAM MAIS ESTA DO "MERCENÁRIO DA FÉ" MALAFAIA.
MCA

O pastor Silas Malafaia foi convidado pela organização do Troféu Promessas para ministrar uma palavra durante a cerimônia de entrega das premiações, que contou ainda com apresentações de música gospel.

Durante o evento, Malafaia afirmou que a aproximação da TV Globo com as igrejas se dá porque a emissora sabe que em breve a população brasileira será formada majoritariamente por evangélicos.

Malafaia se manifestou favorável à organização de um evento gospel por uma empresa secular, e afirmou, em entrevista ao Guia-me, que embora os interesses sejam diferentes, o resultado é a divulgação do Evangelho: “Não interessa se eles têm interesse comercial, nosso interesse é Reino. E outra, se os cantores se vendessem pra Globo, todo mundo seria da Som Livre, ninguém seria da Central, da MK, da Sony…”, afirmou.

Para o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, é importante aproveitar a oportunidade de estabelecer parceria com as Organizações Globo: “O apóstolo Paulo falou que importa é que o evangelho seja pregado. Pode ser por contenda, por porfia, até por escândalo, não importa. Chegaram para Jesus e disseram: ‘olha, tem uns caras aí pregando de uma forma diferente’. E Ele disse: ‘quem não é contra nós, é por nós’”, argumentou o pastor.

A medida de comparação do pastor Malafaia é o crédito que atualmente é dado aos evangélicos: “Um dia desses a produção do Fantástico me ligou pra saber se era seita ou se era igreja evangélica [...] Hoje, antes de falarem mal de pastor me ligam. Será que isso é ruim?”, questionou, fazendo menção ao caso da seita de “Israelitas”, acusada de ligação com o narcotráfico e de cultivo de e refino de cocaína na fronteira do Brasil com o Peru.

Acostumado a criticar quem diverge de suas opiniões, o pastor voltou a atacar formadores de opinião que pensam diferente dele: “Um bando de gente tem inveja do sucesso dos outros. Com o advento da internet, ‘famosos anônimos recalcados’ querem atirar pedras em quem Deus tem abençoado”, disse, antes de ressaltar mais uma vez que apesar de ser alvo de diversas críticas no meio evangélico, a Globo é um poderoso meio de comunicação: “Não importa se é o SBT, a Globo ou a Record. É pra divulgar o evangelho? Então vamos”.

Também presente no evento, o pastor Juanribe Pagliarin afirmou, segundo o site Creio, que “a paixão dos evangélicos é estar na Globo. Parabéns à Globo e aos realizadores [do Troféu Promessas] por esta aproximação”.

***

Texto de Tiago Chagas, para o Gospel+.

NOTA DO BLOGUEIRO: Lamentável ver esta justificativa. Enquanto a Igreja Evangélica Brasileira se perde na doutrina, no partir do pão e no verdadeiro fim incubido a ela, vem o Silas com essa onda de que o interesse final em estarem na Globo é o Reino.

Não por estarem lá… Mas me pergunto, das muitas vezes que estiveram por lá, quantas vezes vi um discurso claro e direto em ralação ao Reino de Jesus? (?????) Vi astros, estrelas, gente cheia de vaidade, gente mais preocupada em legitimar seu grupo religioso e ratificar a ascensão de um Mercado dito Gospel que se entranha e se reheia de contratos, cláusulas, acordos financeiros gigantescos onde venda de CD’s, Grifes, Bíblias, artefatos religiosos e Show’s são a “mola mestra” que impulsiona o momento de ascensão. O que vi foi vexame!

Me perdoem, mas não consigo ver a simpliscidade de Jesus e a subversividade do Evangelho em tanta asneira e entretenimento fantasiado de Evangelho dentro da Globo. Não consigo mesmo! E essa do Trofeu Promessas…não quero nem conjecturar. Se eles se denominam de adoradores, pra mim isso não tem sentido nenhum. Portanto, pafaraseando a canção Rookmaaker, acho que minha impressão é “Eu ‘vejo’ um paradoxo no palco”.

***

Antognoni Misael, co-editor do Púlpito Cristão.   
Via Púlpito Cristão
***
MCA

Comentários

  1. Marioamado,
    Paz

    O negócio do aldravão Malacheia cham-se: JOTTA A
    O patifório está de olho nos dividendos proporcionados pela venda dos CDs do seu protegido, através da divulgação via Globo.
    Quem não sabe disto?
    O cara é um canalhão,mesmo.
    Alberto

    ResponderExcluir
  2. Paz Amado Alberto!

    É lamentável a safadeza destes mercenários que trocam a "promogenitura por um prato de lentilhas" como fez Esaú.

    Abraços!

    Mário

    ResponderExcluir
  3. Concordo em partes com o Pastor Malafaia. Acho que o Trofeu Promessas pode sim, ser usado pra propagar o Reino de Deus. Mas aí temos que definir reino.
    Concordo que é uma boa oportunidade para a pregação do evangelho. Mas, então, que se pregue o evangelho. Pode ser um bom momeno para divulgar as boa obras do Pai. Resumindo, o Trofeu não é o problema, mas sim a igreja que se reune lá. Não estou julgando ninguém. São todos servos e a igreja, a noiva do Cordeiro. Mas enquanto esse for um evento para os cristãos, não há necessidade de existir. Nós já conhecemos o Senhor. Há muitos louvores, mas falta evangelismo nesta obra. Que o Senhor dê estratégia ao seu povo nesse tempo pra fazer desse evento algo eficaz pro reino.
    Fica a dica.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SINTA SE A VONTADE PARA COMENTAR

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus