Ministério Público pede explicações sobre dinheiro do Estado investido em show do Diante do Trono





O Ministério Público solicitará à Prefeitura explicações sobre o convênio de R$ 250 mil firmado com o instituto mineiro Fundação Oásis para divulgação do show da banda Diante do Trono, realizado em Natal. O extrato do convênio, publicado ontem no Diário Oficial do Município, define que o dinheiro foi destinado “a proporcionar a divulgação turística da Cidade do Natal, por intermédio da realização do evento”. O show da banda Diante do Trono ocorreu no dia 16 de julho e reuniu, segundo cálculos da Polícia Militar, 60 mil pessoas na Praia do Meio. Durante o show, foram gravadas imagens para a edição de um DVD da banda.

Em entrevista à imprensa local, ainda durante a gravação do DVD, a cantora Ana Paula Valadão, líder da banda Diante do Trono, negou que a apresentação tivesse patrocínio financeiro da Prefeitura do Natal. Segundo ela, o Executivo da capital potiguar havia oferecido apenas incentivos de natureza logística. “O apoio da Prefeitura e do Governo é com estrutura de segurança, banheiros, trânsito. Enfrentamos dificuldades em outras cidades para esse apoio. Aqui, não”, disse a cantora.

No total, o show da banda Diante do Trono custou aos cofres públicos R$ 290 mil. Isso porque além dos R$ 250 mil repassados pela Prefeitura de Natal, o Governo do Estado gastou outros R$ 40 mil. Segundo a Assessoria de Imprensa do Governo, no Diário Oficial de hoje será publicado o convênio firmado pela Secretaria Estadual de Turismo e a Fundação Oásis, prevendo o valor de R$ 40 mil para “divulgação turística”.

Recursos tiveram origem em uma emenda

Procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE para falar sobre o convênio de R$ 250 mil para gravação do DVD da banda Diante do Trono, o secretário municipal de Turismo estava com o celular desligado. Mas o adjunto, Wellington Paim, explicou que os R$ 250 mil foram destinados em emenda parlamentar pelo vereador Albert Dickson (PP) para a Setur.

Segundo ele, o dinheiro foi gasto para a divulgação de Natal na gravação do DVD. “Esse dinheiro foi para divulgação. No plano de trabalho há divulgação em outdoor, spot, VT, banner, folder e site”, destacou o adjunto de Turismo, acrescentando que todo gerenciamento do plano de mídia foi feito pela Fundação Oásis, que recebeu os R$ 250 mil da Prefeitura.

***
Mais informações na Tribuna do Norte

Comentário do blog:

Mais dinheiro público usado para fazer festa para o “povo de Deus”. Mais dinheiro público que poderia ser usado para comprar equipamentos para hospitais, investir em projetos sociais, ou quem sabe, na precaria educação do estado do Rio Grande do Norte, situação denunciada em vídeo pela professora Amanda Gurgel:



O pior é que os evangélicos aplaudem a falta de prioridade dos governantes, no maior estilo “farinha pouca, meu pirão primeiro”.

Lamentável.
FONTE
Púlpito Cristão . Dica da @MilaGaldino

Em Cristo,
Mário


Comentários

  1. A paz do Senhor a todos!

    Lamento muito que o evangelho esteja sendo popularizado e amado apenas no “show gospel”. Ana Paula e seu grupo são polêmicos e sempre participam de heresias como batalha espiritual(a falsa batalha, é claro), unção disso ou daquilo e outros desvios contemporâneos do Evangelho Verdadeiro de Jesus.

    Agora, envolvidos em um acontecimento que vai escandalizar mais uma vez “AS COISAS DE DEUS”,é de se perguntar se este pessoal não se “toca” ou acredita que somos tolos,idiotas ou o que?

    Sobre alguns que são favoraveis ao conjunto gospel em questão leiam este versiculo em JO 15,19
    Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.

    Em Cristo,

    ResponderExcluir

Postar um comentário

SINTA SE A VONTADE PARA COMENTAR

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus