Os apóstolos e a suas manias de inventar doutrinas



Por Renato Vargens

Antes de qualquer coisa é importante afirmar que não acredito na conteporâneidade do ministério apostólico. Na minha perspectiva este tipo de ministério específico cessou após a morte de João. Os que desejarem ler um pouco mais sobre o assunto poderão fazê-lo clicando (aqui) e (aqui).


Bom, boa parte dos evangélicos brasileiros pensam de forma diferente da ortodoxia cristã. Na verdade, são milhares aqueles que acreditam que o século XXI possui apóstolos da mesma envergadura e autoridade espiritual dos apóstolos do primeiro século. Há pouco soube de apóstolo goiano, que afirmou publicamente que se pudesse conversar com Pedro de "apostólo para apóstolo" o exortaria dizendo que ele errou em escrever parte da suas epístolas.


Pois é, os apóstolos modernos se consideram superiores aos apóstolos do primeiro século, e em virtude disso, por se acharem pessoas especiais, acabam fabricando doutrinas espúrias. Veja por exemplo o vídeo abaixo, onde um apóstolo oferece a igreja um treinamento sobre a influência da iniquidade do DNA. No curso, apóstolo Fernando, membro da Igreja Batista da Lagoinha promete tratar dos seguintes tópicos:


Diferença entre Pecado, Transgressão e Iniquidade
Ciclo da Iniquidade
A Operação da Iniquidade
Conexão Com os Espíritos Geracionais
Maldições Geracionais
Padrões Geracionais
A iniquidade dos Reis de Israel
Cativeiros Geracionais
Tronos de Iniquidade
Os anjos caídos e a iniquidade
A iniquidade das 7 nações da terra prometida
A Expiação de Levíticos 16
A Expiação de Jesus na Cruz
Aspectos Genéticos da Iniquidade: DNA, RNA, Células
O Cordão Umbilical Espiritual
O Papel da Medula óssea na Iniquidade
A Regeneração
Caro leitor, por favor responda sinceramente aonde nas Escrituras o Senhor nos ensina a tratarmos do cordão umblical espiritual? Ou ainda descobrirmos o papel da medula óssea na iniquidade? Ou dissertarmos sobre os espíritos geracionais?

Ora, vamos combinar uma coisa? Isso é absolutamente antibíblico! Lamentavelmente para esse pessoal relativizar as Escrituras virou moda. Há pouco um pastor me disse o seguinte a respeito da Bíblia, isso aqui não vale de nada, é puro papel! O que importa é ouvir a voz de Deus no meu coração, ainda que aquilo que Ele fale seja diferente daquilo que a Bíblia ensina.


Pois é, dias dificeis os nossos! Eu diferentemente dos apóstolos prefiro afirmar o que Lutero afirmou: "Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há de vir"


Com lágrimas nos olhos,


Renato Vargens  
FONTE: BLOG DO RENATO VARGENS  DIVULGAÇÃO: JESUS É O SENHOR
***
Em Cristo,
Mário César de Abreu

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus