RELATIVISMO

EDITADO E REPUBLICADO PELO JESUS É O SENHOR




"Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!" (Is 5.20)

Eis mais um dos dentes do lobo. O relativismo é uma doutrina que afirma que não há absolutos. Ou seja, todas as idéias aceitas como verdade hoje poderão não ser verdade amanhã. Esta doutrina pode ser refutada facilmente, pois se não existe verdade absoluta, como dizer que "não existir absolutos" pode ser verdade? A única coisa que os relativistas creem ser absoluto é que não existem absolutos.

O perigo do relativismo para a igreja de Cristo está no fato de não aceitar a Bíblia (Palavra de Deus) como o livro das verdades eternas de Deus. O salmista refuta esta idéia relativista nocapítulo 19 verso 7, quando afirma: "...o testemunho do Senhor é fiel(verdadeiro)...".

O homem moldado pelo relativismo também possui a sua própria ética em detrimento das questões eternas determinadas por Deus. Em sua ética atacam a Bíblia por ser este um livro de certo e errado escrito a milêniios e que continua e continuará a ser a verdade imutável e inabalável de Deus.

O apostolo Paulo afirma em I Timóteo 1. 15: "Fiel é a palavra e digna de toda a aceitação" e também no capítulo 3.1: "´Fiel é a palavra...". e ainda em II Timóteo 3. 16 diz: "Toda a escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a eduação na justiça...".

Os relativistas criaram um dualismo entre revolucionário e arcaico. Eles possuem forte tendencia em acreditar que tudo o que é novo é bom, por acreditarem que as coisas evoluem sempre para a melhor. Neste tipo de pensamento a Bíblia não tem espaço, por ser um livro antigo.

Como este pensamento toma forma na igreja?




Na igreja muitos perderam o respeito a disciplina, porque julga-se injusto punir, uma vez que o erro é subjetivo (relativo). O pluralismo, que é também um braço do relativismo, tornou a igreja em supermercado e, se você não gostar de uma igreja, procure uma que atenda as suas necessidades, sem levar em conta a questão da verdade.

Muitos falsos mestres na igreja agem como se a Bíblia não fosse a verdade absoluta. Estes usam apenas trechos da Bíblia que atendam as suas necessidades ou a cobiça das ovelhas. Outras pessoas creem que, por algumas religiões ou denominações possuirem certas verdades bíblicas, então a verdade também está ali.

Se a Bíblia não é totalmente verdadeira, então todo cristianismo é colocado em dúvida e consequentemente a nossa salvação. E se isso acontece causa um grande cisma: "O que na Bíblia é verdade e o que não é?" Logo, não se pode confrontar o pecado, uma vez que o que pode ser pecado para um, pode não ser para o outro.



Daí chegamos a grande conclusão do porque as igrejas não falarem sobre pecado. O pecado que "era" um erro absoluto agora é subjetivo em muitas igrejas e falar disso tornou-se desagradável.

O que a Bíblia fala a respeito do desprezo as Escrituras


Romanos 1.28,31,32: "E por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes,...,(estes são)insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia. Ora conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que assim procedem.

Oséias 4.6: "O meu povo está sendo destruído por falta de conhecimento..."

Conclusão

O pecado e a imoralidade vem ganhando espaço na sociedade, apesar do número de evangelicos ter crescido. Isto demostra que muitos crentes estão de joelhos diante do inimigo de nossas almas. Devemos orar e vigiar, pedindo a Deus que mude nossas mentes e nos faça crentes de fato, dentro e fora da igreja. Devemos lutar para derrotarmos os lobos em nosso meio. Se você é pai, pense na sociedade que seu filho vai viver no futuro. Lute! Lute! Lute! O Senhor tem prazer nisto.

Salmos 37.14,24 "Os maus preparam suas espadas, seus arcos e flechas para destruir os humildes e pobres, para matar os que andam pelo caminho de Deus... o Senhor tem prazer na justiça e não abandona quem pertence a Ele; eles serão protegidos para sempre, mas quem ama a injustiça será destruído."

Fonte :http://marceltavares.blogspot.com.br      Divulgação:JESUS É O SENHOR
***
Em Cristo,
Mário César de Abreu

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!

Um clamor pela intervenção de Deus