Deputado quer proibir que pastores falem na TV e rádio que homossexualismo é pecado


Outro deputado propôs que gays saiam às ruas contra o conservadorismo cristão no Brasil.

Para o deputado federal e ex-BBB Jean Wyllys (PSOL-RJ) pastores e padres precisam ser impedidos de usarem o espaço de programas de TV e rádio para falarem que o homossexualismo é uma doença e que os homossexuais podem ser “curados”.


Wyllys, que é homossexual assumido, diz que esses religiosos precisam ser punidos por lei, pois ao afirmar que se trata de uma doença com possível recuperação muitos homossexuais passam a sofrer problemas psíquicos.

“Eu acho que tem que haver uma sanção. Eu quero que a gente compare, simplesmente, com outros grupos vulneráveis para saber se é bacana. Alguém que chegue e incite violência contra mulheres e contra negros, ou contra crianças nesse país… Vai ser bem aceito?”, disse ele em entrevista ao UOL e à Folha de São Paulo.

O deputado disse que não pode impedir que o assunto seja falado nos púlpitos, mas não concorda com o uso de concessões públicas para disseminar a ideia de que o homossexualismo é pecado. “Os religiosos são livres para dizerem no púlpito de suas igrejas que a homossexualidade é pecado”, disse ele que acredita que essas falas demonizam e desumanizam a comunidade gay.

O foco do ex-BBB tem sido maximizar a agenda gay. Ele tem procurado moldar seus discursos em relação à questão, convergindo-o para a ‘homofobia’. Ele chegou a atribuir que o aumento do número de jovens com AIDS está relacionado também à homofobia, após divulgação dos dados pelo Ministério da Saúde sobre a doença no Brasil.

O pastor Silas Malafaia criticou a proposta do deputado. “Mentiroso de marca maior. Os pastores pregam a libertação de qualquer tipo de pecado. São os próprios homossexuais que pedem ajuda para serem libertos”, disse o pastor.

“O medo de Jean Wyllys: uma consulta popular nas próximas eleições para o povo decidir se apoia ou não a união homoafetiva. Ele já sabe qual ė o pensamento da sociedade Brasileira: NÃO!”, enfatiza Malafaia.

Discursos com teores repulsivos em relação aos cristãos tem se intensificado por parte de alguns parlamentares. Em julho deste ano, um grupo de parlamentares foi filmado desabando hostilidade contra os cristãos e o conservadorismo arraigados na sociedade brasileira.

Recentemente (22/dez) um outro parlamentar do mesmo partido do ex-BBB, o deputado federal Chico Alencar (RJ), propôs que gays saiam às ruas de todo o Brasil para manifestarem-se contra o avanço do conservadorismo cristão no Congresso Nacional.

Com informações Metrópole FM, via Gospel Prime e adaptações de Holofote.Net
Fonte: Holofote.Net
***
Indignado,
Mário César de Abreu

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AS NOVAS HERESIAS DE NEUZA ITIOKA

Governantes, ouçam a Palavra de Deus!